amores expresos

terça-feira, 2 de outubro de 2007

MEU TELHADO E EU



Bem, meus amigos, hoje foi o meu último dia na terra de Sam. U.S. “Uncle Sam.
Dei uma volta em Manhattam pois precisava resolver pequenos detalhes por lá e passei o resto da tarde na parte nobre do Brooklyn tomando expressos, não se esqueçam que é só lá que tem. Consegui fechar as malas com grande esforço. Viajar é sempre muito cansativo. É ótimo, mas sempre volto mais cansado do que quando parti. Claro que essa é uma viagem que vim a trabalho, embora tenha omitido isso do fiscal da imigração, mesmo assim não consigo descansar em uma viagem. A cabeça fica sempre trabalhando dobrado, procurando absorver o máximo. As pernas não param de andar, parece a Pomba-Gira. As mãos na carteira, é cartão de crédito pra lá e money pra cá. Essas coisas. Conversão.
Gostaria de agradecer imensamente aos organizadores desse notável projeto, sinto-me muito honrado por ter sido um dos eleitos. Foi uma grande experiência. E vai ser ainda melhor quando eu chegar em casa e começar a refletir sobre isso. Quando começar a traduzir de maneira ridícula, no meu inglês ridículo todo o material que enviei para o Brasil. Acho que terei mesmo um evento em Curitiba nos próximos meses, preciso confirmar a data e vou aceitar todos os cafés que me foram prometidos. Quanto a Manaus, eu estive em Manaus em 2000 e, essa sim foi uma viagem de muito impacto para mim, profundamente marcante. Fiz Alguns grandes amigos com quem mantenho esporádico contato por telefone. Como disse em outro post, ou penso ter dito, sempre faço amigos por onde passo. Aqui isso não funciona. Aqui é cada um por si.
Cada vez mais as ruas parecem fazer parte da lembrança de alguém. Todos os dias vi sósias de pessoas que não sei exatamente com quem se parecem.
Quero novamente agradecer a vocês porque foi muito reconfortante ter vocês aí, do outro lado. Do meu lado. A meu lado. Vou chegar e talvez nem tenha muito tempo para descansar. Chego na quinta cedo e na sexta já tenho uma importante reunião agendada. Isso é bom. Esses dois últimos anos, quase três, a vida foi muito generosa comigo. Sempre trabalhei duro, mas nunca esperei ou acreditei que meu trabalho seria aceito um dia. As portas sempre se fechavam para mim. Se não fosse a minha Lu, minha namorada-esposa, segurando as pontas e me incentivando, provavelmente eu já teria desistido. Agora tudo parece mais fácil, espero que continue dessa forma, embora no fundo, nós sabemos que nada é fácil.
Eu tinha um amigo que sempre dizia: “Já fui pobre e já fui rico, e pode acreditar, ser rico é bem melhor”. Apesar da frase que ilustrei, acho que vocês entendem que não estou falando de dinheiro.
De minha parte conheci Manhattam de tal forma, que não será. Era exatamente como eu imaginava.
O meu medo agora é com o excesso de bagagem, ou com a alfândega brasileira.
O que mais quero é voltar para a minha rotina.
Prometo fazer alguns post’s durante a semana. Devo estar lançando um novo livro ainda em outubro e, acreditem, gostaria de poder tomar um café com cada um de vocês. Muitos que comentaram são meus amigos e tomaremos, mas de alguma forma todos vocês foram grandes amigos. As vezes é por isso que eu não respondo emails e coisas do tipo. Eu me apego as pessoas. No fim acho que não me portei de acordo com o que deveria ser o Blog. Acho que falei muito pouco sobre a cidade. Ironizei tudo. Esse sou eu. Sempre sincero, ao menos, quando escrevo.
Gratidão
Lourenço
2 de outubro de 2007 New York

21 Comentários:

Blogger the lucas. disse...

Eu não tenho intimidade contigo e sou apenas mais um admirador do seu trabalho, provavelmente não terá peso, mais ai vão minhas palavras :


Continue com o blog por tempo indeterminado, que acha?

Ótimo ler seus textos cara; Espero um livro bacana.
abraço.

2 de outubro de 2007 16:29  
Blogger Mitie disse...

Querido Lourenço,
espero que tenha uma ótima viagem de volta ao Brasil. Te (e Lu e Francisco) esperamos em Curitiba para o melhor café ! Desta vez vou me certificar de que não terei nenhuma invasão nipônica... espaço não faltará! Vc foi uma ótima companhia,e seu amor pela Lu, muito inspirador...
beijos!!!

2 de outubro de 2007 16:32  
Blogger lucimar disse...

em compensação no blog fez um monte de amigos!!!!!!!!
eu também gostaria de agradecer aos comentários mas, especialmente a Evelina que, além de comentar aqui, chegava na escola e comentava mais ainda......rs
Muito obrigada a todos por fazerem meus dias se tornarem mais suportáveis sem a presença do meu cúmplice aqui em casa!

2 de outubro de 2007 16:47  
Blogger Luciano Feijah disse...

Lourenço, meu caro,
Aqui quem escreve é o Luciano de Vitória (ES). Nos encontramos em BH, no FIQ, algumas vezes, te mostrei meus desenhos e te presenteei com um livro de rascunhos do Breccia. Lembrou?
Pois então, acho difícil nos encontrarmos no FIQ deste ano, que começa em outubro. Mesmo assim não deixo de te acompanhar, seja no cinema, nos livros, nos quadrinhos que releio ou nas notícias de bastidores.
Sei que a sua vida hoje não cabe mais as histórias em quadrinhos, mas fiquei extremamente feliz por saber que irão fazer um filme do Dobro de Cinco. Essa história realmente mexeu comigo...quem me dera fazer parte dessa produção pro cinema como desenhista.
Bom, um dia ainda te mando alguns originais meus de presente...você, de uma maneira generosa (mesmo não sabendo disso) foi responsável por essa minha caminhada a favor do desenho, da ilustração. Uma escolha difícil, mas verdadeira.
Um grande abraço e boa sorte pra todos nós!
Fique em paz!
Luciano

2 de outubro de 2007 18:24  
Blogger Evelina disse...

Lourenço, penso que por vc ter sido vc mesmo o tempo todo no blog, é que ele foi tão legal e todos adoraram acompanhá-lo. Eu particularmente curti bastante e, insisto, acho que vc deveria continuar com ele mesmo no Brasil!

Desejo-lhe uma boa viagem. Um ótimo retorno e muita curtição junto aos familiares e os gatos que lhe esperam ansiosamente. Nossa! Imagine a Lucimar na 5ª!!!!!
Pois é, ela continua me mimando e eu adorando. Obrigada Lu pela menção a mim nestes comentários.
Você é ótima, este tempo foi bacana inclusive por ficarmos mais próximas. Foi um prazer tentar deixar seus dias mais suportáveis.

Um abração a vocês!

Evelina

2 de outubro de 2007 18:42  
Blogger É engano disse...

Lourenço, fim de festa é esquisito e eu sou do time que acha que o blog tem que virar coisa que a gente acorda e lê todo santo dia.

Foi incrível poder te acompanhar, especialmente agora que acabei de te eleger meu mais novo autor favorito (já não aguentava mais admirar só gente morta, ufa).

Teus livros ficam espalhados aqui nas minhas gavetas, em cada uma que eu abro, acho um - quase Bíblia de hotel, sabe como?

Santa Lucimar que te deu força quando tudo parecia um nada.

Um beijo grande em vocês e no Francisco, que eu conheço do "Caixa de Areia".

Com gratidão,
Marcia H.

2 de outubro de 2007 18:50  
Blogger Renata Motteran disse...

Lourenço, mais uma leitora anônima*.
Por favor, não nos deixe órfãos! Rs...
É sério, poxa... Foi tão bom neste mês de setembro acompanhar seu blog.
Trouxe um temperinho especial... um quê de cafeína talvez?
Sei que posso ler e ver muitas coisas todos os dias. Mas o livro que estou lendo vai acabar. Vou começar outros, tenho uma pilha... mas eles sempre vão acabar. Os filmes acabam. Rápido. Não vêm em pequenas doses diárias. A novela das 8 acabou. Os noticiários me deixam aflitas. E já tá tudo tão previsível. Seu blog não! Tão gostoso de ler! Irônico, seco, leve, fluido...
Engraçado como eu nem te conhecia e de repente virei dependente! :)

Sucesso e boa viagem!!!

Renata Motteran, de Beagá.
(* não mais)

2 de outubro de 2007 18:50  
Blogger Lucas disse...

Louren�o...
Quem sabe um dia nos conheceremos? E, realmente, a Lucimar � uma pessoa �tima e especial. E, por favor, post mais alumas vezes. N�o consigo ir dormir sem me comunicar diretamente com outras pessoas.
O seu Blog � e como, um Blog, n�o foi, � Espero que ainda seja por um grande per�odo de tempo. Eu tamb�m me muito apego �s pessoas, acho que esse deve ser um dos meus defeitos, apego-me demais. Enfim, espero que voc� ainda entre em contato conosco.
�tima viagem e �timos expressos a tomar.
Grande abra�o,
Lucas M.

2 de outubro de 2007 20:02  
Blogger Pacha Urbano disse...

Não poderei estar em Curitiba pra te convidar pra um café, mas sempre que vier ao Rio, e de alguma forma pudermos entrar em contato, o seu café faço questão de pagar.

Seus posts neste blog foram os melhores, sem rasgação de seda. Procurei ler o dos outros participantes deste projeto e alguns até cheguei a gostar, outros eu realmente achei desprezíveis.

Espero que de alguma forma você mantenha este "vínculo" com seus leitores.

Um abração e muito boa sorte na alfândega.

2 de outubro de 2007 20:17  
Blogger Marcio Teixeira de Mello disse...

É o cara!

Que venham os próximos livros.

Grande abraço,

Marcio

2 de outubro de 2007 21:26  
Blogger Dani Dias disse...

Espero que continue com o blog, sr Lourenço. Sou muito, mas muito admiradora de seu trabalho. Seria ótimo poder ler os seus posts também hhehe

Nem sei do que se trata essa viagem, acabo de descobrir esse blog. Mas pelo primeiro post, parece ser algo muito bom.

Bem, deve saber que merece cada reconhecimento que receber. Seu trabalho é digno disso.

Achei que nunca fosse ler Eu te amo Lucimar e Desgraçados...mas acabo de descobrir que na minha escola tem esses livros na Biblioteca.

Por favor, não pare de fazer quadrinhos...

Grande abraço.
Felicidades!

3 de outubro de 2007 05:49  
Blogger Mônica disse...

Que bom que manaus te marcou, espero que tenha sido positivamente.

Voltando aqui, o convite está de pé, é só avisar (monicac.pinto@gmail.com).

Feliz por você estar de volta a sua casa e família.

Grata à Lucimar por ter sido paciente e emprestado o namorado-marido dela por um mês pra todos nós. Aliás, você bem que poderia convence-lo a continuar o blog.

M.

3 de outubro de 2007 06:32  
Blogger Mariana disse...

Lourenço, tem sido muito importante sua companhia.
Acordo, escovo os dentes, tomo café da manhã, ligo o computador e "favoritos - lourenço".
Nos vemos em Curitiba, muito bom, e vou torcer para que continue com o blog.
Beijo enorme, ótima viagem.

3 de outubro de 2007 07:14  
Blogger Mariana disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

3 de outubro de 2007 07:14  
Blogger Anna Staschuk Ibaf disse...

Ah, Lourenço... fiquei sem palavras de novo, como da primeira vez em que comentei teu blog.

Também sou de Curitiba... não havia prometido um café, mas nunca é tarde demais (*rs*). Confesso que essa possibilidade me parece por demais fantástica e, inclusive por isso, distante: um café com Lourenço Mutarelli! Acho que te tenho, por demais, em alta conta. Sei que tu dirás que não passas de um simples mortal, mas vai bem além disso para mim... compreendes?

Foi sensacional acompanhar o teu blog. Nem vou pedir que tu continues a escrever aqui por tempo indeterminado, que acho provável que essas súplicas já te tenham cansado.

De certa forma, o blog te tornou mais real pra mim e achei isso sensacional. Te portastes da melhor maneira, não tenhas dúvida! Como disse a Evelina, foi a tua sinceridade que conquistou todos esses assíduos leitores.

Enfim, boa viagem de volta e que a vida continue sendo generosa contigo!

Abraços,
Anna.

P.S.: se houver um newsletter do Muta, por favor, insira meu e-mail (anna_ibaf@yahoo.com.br); espero ansiosa por tua vinda à Curitiba... e vou querer um autógrafo com gratidão.

3 de outubro de 2007 07:22  
Blogger Azusa disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

3 de outubro de 2007 07:29  
Blogger Azusa disse...

olá,
fico muito feliz em saber que você virá pra Curitiba, com certeza tem alguns fãs muito fiéis aqui(provavelmente porque o caráter do povo Curitibano tem tudo a ver com sua obra) e eu vou te esperar, sem café, porque eu sou muito tímida (mas um convite eu aceitaria :p) e pretendo trocar umas palavras contigo do tipo: "lembra de mim que falava sempre da Maddona?"
e eu sinto que você se apegou a nós e de qualquer maneira isso me deixa feliz e sei lá, eu sempre leio seus posts sorrindo, não sei bem porque e também não quero saber, sei que isso não parece acontecer só comigo, pelos contagiantes comentários que eu leio aqui e que bom que termos um tmepinho a mais de Blog.
mas é isso aí, boa sorte na alfândega, não fique nervoso nem faça cara de "tô fazendo alguma coisa errada", E da próxima vez que você for viajar, assim, na vida mansa, me traz um cartão postal baratinho da Madonna, que tal?
abraços!

3 de outubro de 2007 07:44  
Blogger Socorro Acioli disse...

Lourenço, o melhor do blog foi justamente a ironia. E a honestidade.
Para aumentar o time, convido para um café quando for a Fortaleza.
Ainda estou em Munique, só volto no final de outubro.
Sim, fechar mala é um saco!
Boa viagem!
Socorro Acioli

4 de outubro de 2007 02:09  
Blogger Laís Graf disse...

Ohh, Lourenço!
Você aceitou meu café!
Que ótimo!
então... me conte quando você vem, ok?!
Não posso perder essa...
Adorei seus posts.... De verdade...
Espero que você continue a escrever.
Fico feliz de saber que você se apega aos leitores.
Porque nós, os leitores, nos apegamos muito aos escritores.
É legal saber que você tem um carinho grande pelos seus "fãs"
bem...
fico muito feliz por tudo que você nos contou, informou, etc.
tudo de bom pra você...
Beijos Laís

ps.Que venha o café de Curitiba!

4 de outubro de 2007 09:54  
Blogger Hermes disse...

Feliz retorno meu irmão...!!!!!!!

nem preciso dizer te acompanhei todos os dias, vc sabe que fis isso.
tudo que disseram, vc mereceu,
mas não gostei da foto com chapéu
e mão no colo, te envelheceram demais..kkkkkkkkkkkkkkk
meu café eu troco por um Marlboro...

um abraço

4 de outubro de 2007 16:07  
Blogger Jane Malaquias disse...

Eu já sabia que vc era um tremendo desenhista mas agora acho que vc é um tremendo cara.Boa viagem e continua a blogar home!

4 de outubro de 2007 16:16  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial