amores expresos

terça-feira, 18 de setembro de 2007




17 de
O outono começa a se firmar. Um vento frio e cortante sopra. Eu prefiro assim. Ontem eu andei feito um burro. Red Hook, Carroll Gardens, Cobble Hill. Peguei o metrô até Franklin St onde Burroughs morou, e segui Tribica, Soho, Nolita, Greenwich Village. Outro metrô até Times Square. Cheguei lá no fim da tarde no “happy hour” e tinha tanta gente “feliz” na rua que eu fiquei tonto. Todo mundo com pressa. Se marcar eles te empurram. Turismo estressado. Liquidação. É ver quem pega primeiro. Afinal o “american way” não deixa de ser um jeitinho. Tomei incontáveis expressos. É curioso que na Starbucks a maior fila geralmente é a do banheiro. É sério, muita gente longe de casa. E o banheiro é um só, seja você homem ou mulher. Eu mijei no Mc Donald’s. Lá a fila só é grande nos caixas. Depois peguei o trem para casa na 50a. Ao chegar encontrei Violette congelada na parede. Pobrezinha esqueci de desligar a traquitana russa. Violette ficou na pausa. Ela estava puta. “Violette puta do Cairo.” Perguntou onde eu tinha me enfiado. Eu disse que só estava andando. Ela nem fez a janta. Fui para a cozinha, que fica no mesmo lugar, loft é isso aí. Não dá para esconder a bagunça. Jantei pão com queijo. Capotei. Antes liguei para casa, a real, imagino. Falei com minha Lucy a mulher de verdade. Ela perguntou para meu filho, Francisco, “quer dar um oi para o pai?” então ele disse: “fala oi pra ele”. Oi. É claro, o videogame já está na mala. Mas falando em Happy hour, aqui toda hora é assim. Aqui é sessão da tarde 24 horas. Eles continuam a nos dar espelhinhos e bugigangas e nós continuamos sorrindo e abrindo as pernas feito Violette. Apesar disso não me recordo de nada engraçado que tenha ocorrido ontem. Um cara me pediu para eu lhe pagar um prato de comida e eu disse não. Ele não gostou. Mas eu já dei dólar para veterano de guerra, paguei passagem de metrô para uma latina, dei cigarro aos montes aos mendigos e comprei limonada de dois garotinhos, se continuar assim logo, logo, sou eu quem vou estar pedindo. A Dona Visa e o Sr. Citibank já começam a regular ninharias. E agora eu viciei numa gororoba que é um tal de crispy ou algo assim. É feito de flocos de arroz prensados com marshmallow no meio. Tem um tipo industrial “marshmallow Treat” e um com aparência mais caseira que vende na Starbucks. É do tamanho de um tijolo e dá uma ótima liga com um dopio e Lorax. Uma hora no mínimo de Happy hour. Agora é hora de andar. Beijo aos amigos.

8 Comentários:

Blogger GCM disse...

Ganhou mais um leitor assíduo!
Abraços, Gian Carlo (ex-Monashees :))

18 de setembro de 2007 10:35  
Blogger Mitie disse...

Oi querido Lourenço! Por que esses indios ?
Aqui no Brasil os jovens classe média estão espancando indios(de novo) até a morte "por diversão"...traga alguns desses aí pra divertir os jovens brasileiros sem nada o q fazer. pena que não vem com roupinha pra eles poderem tirar e se divertirem mais...Traga pra vender, é claro...eles tem dinheirinho...
Por aqui, bem dentrinho do nosso lar tudo vai bem e seguro.
Beijos !

18 de setembro de 2007 12:42  
Blogger Mônica disse...

os indio me lembram um antigo desenho do picapau... alias, esse nome é feio pra cacete... literalmente...

18 de setembro de 2007 13:56  
Blogger lucimar disse...

coloque um crispy na mala pra sua Lucy e filho desnaturado!

18 de setembro de 2007 17:24  
Blogger Ana disse...

Oi, Mutarelli

Seu blog está uma delícia. Uma inspiração. Virei freguesa
beijos,
Índigo

18 de setembro de 2007 17:52  
Blogger ana sol disse...

Lourenço, depois de quase 15 dias, descobri pela Lú...maravilha de blog...de projeto!! Me conta aí como vai a sola do seu sapato?? E antes de ler direitinho tudo, já olhei as imagens...adorei! Você está fotografando também e muito bem!!! Outono, folhas caindo, frio...suportável? cenas de filme me vem a memória...Conte mais, dessa maneira só sua de escrever...como sempre, me faz rir não sei do que?! A vida é dura! Parabéns, aproveite, vou acompanhar a partir de agora, acho que vou ver seu filho adolescente logo, pede para a Lu mandar umas fotinhos que tirei num passeio flash...nem conversamos direito nesse dia...e finalmente, aproveite essa big apple (dá para saber a razão desse nome??) Beijos!
Aninha

18 de setembro de 2007 18:55  
Blogger Mitie disse...

esqueça os índios e o postisinho revoltadinho e traga os crispys pra lu e pra mim que merecemos...

18 de setembro de 2007 19:15  
Blogger Azusa disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

19 de setembro de 2007 08:43  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial